março 31, 2010

Cornerstone


"Pensei que tinha te visto no "Battleship", mas era só uma sósia, ela era só uma ilusão de ótica, sob a luz de atenção. Ela estava perto, perto o suficiente para ser um fantasma, mas minhas chances se foram, quando perguntei se eu podia chamá-la pelo o seu nome. Pensei que tinha te visto no "Rusty Hook" aconchegada na cadeira de vime (...) Ela estava perto e me pegou firme, até que eu perguntei terrivelmente educadamente: "Por favor, posso te chamar pelo nome dela?" (...) Pensei que tivesse te visto no "Bico do papagaio" (...) Estava perto, tão perto que as paredes estavam molhadas, e ela escreveu em Letraset: "Não, você não pode me chamar pelo nome dela". Me diga onde é o seu esconderijo, estou preocupado que vou esquecer seu rosto, e eu perguntei para todo mundo, estou começando a achar que te imaginei o tempo todo. E eu prolonguei minha carona para casa, sim, e deixei ele ir pelo caminho mais longo. Senti seu perfume no cinto de segurança, e mantive os meus atalhos para mim mesmo. Eu vi sua irmã no "Cornerstone" no telefone (...) Quando vi que ela estava sozinha, pensei que ela poderia entender, ela estava perto, não dava para chegar mais perto. Ela disse: "Eu realmente não deveria, mas, sim... Você pode me chamar do que você quiser"."

(Cornerstone - Arctic Monkeys)

2 comentários:

  1. A letra dessa música simplismente é a mais linda que ja ouvi em toda minha vida!!! *-*

    Amo demaisssssss!

    Ela conheceu graças a mim.. s2

    ResponderExcluir
  2. é linda sim! *-*

    huahuahua, é conheci a graças a você, obrigada <33

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."