abril 03, 2010

Espelho manchado de suspiros

Depois de muito tempo, eu voltei a pensar em você, e bateu aquela saudade que estava adormecida. Eu tentei desvendar aqueles olhos que estavam bem na minha frente, meu Deus, como é difícil tentar decifrar um olhar. Eu fiquei quieta, observando, olhando para dentro de você, tentando dizer palavras que eu nunca te disse ("Eu te... Eu..."); então eu voltei para a realidade, não era para você que eu estava olhando, era para mim mesma, para o meu reflexo no espelho manchado de suspiros, desejos inconfessáveis e batons tom escarlate. Você não estava de volta, eu me quebrei mais uma vez. "Eu te amo, me deixa voltar para a sua vida?". Era isso que eu queria te dizer.

Erllen Nadine

Nenhum comentário:

Postar um comentário

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."