agosto 19, 2011

Foi embora pela metade

Última sessão - Laura e Pedro
Ouça: Eu Te Amo - Chico

Laura sabia que quando acordasse, ele não estaria mais lá, e sabia também: "inútil dormir que a dor não passa". Pedro partiu do jeito que chegou. Do jeito que ela o deixou.

"Eu não consegui dormir, preferi olhar sua beleza, provavelmente pela última vez. Enquanto você dormia, você murmurou algumas vezes: 'me perdoa, eu te amo Pedro'. Acredito em você. Dizer sentimentos quando se está dormindo, deve ser um jeito sincero. É uma pena que hoje em dia, as pessoas só dizem isso quando já é tarde demais. Eu sei, eu sei, dizem por aí que quando se trata do amor, nunca é tarde. Mas então insisto em repetir: às vezes é tarde, porque o amor também cansa, e vez em quando tira férias. Há um só motivo para eu ficar, mas hoje não. O que é nosso estará sempre em mim, Laura. Um dia, em uma esquina ou na próxima vida, a gente se encontra. E eu não deixarei você desistir.

P.

p.s.: eu te perdoei, bem antes de você pedir perdão."

Laura vestiu-se. Foi comprar cigarros. Chegou na esquina como quem espera a próxima vida.

Erllen Nadine

"É difícil escrever um final, você tenta
reunir as pontas, mas nunca consegue."

18 comentários:

  1. Poxa eu nem acredito que acabou assim... Espero que não em outras vidas, mas na vida agora eles tenham outra chance, todos merecem...
    ou talvez não! Eles a tiveram. - Suas escolhas... eis elas, nos fazendo, nos criando... Parabéns!
    Laura e Pedro não sairão das minhas memórias...

    ResponderExcluir
  2. Às vezes o final de uma noite nem sempre é como esperamos. Queria o épico final feliz, mas talvez esse seja nem seja o final, porque quando tem amor, não precisa de final né? Ok, estou meio drámatica essa semana, mas enfim, Pedro e Laura se tornaram meus (desculpe, não é roubo, nem plágio), eles são meus por conta dos sentimentos, que eu os vivi lendo.
    Adorei muito,
    Beijo querida ;)

    ResponderExcluir
  3. Eu sei que muita gente esperava que eles ficassem juntos... Mas isso não seria justo com as coisas que Pedro passou. Esse "fim" foi como se libertar de tudo que a gente ama/amou muito, e que nos fere/feriu.

    Fico feliz que vocês tenham gostado e que permaneçam na memória. Que fique claro, as pessoas se despedem a toda hora; Mas o sentimento prevalece.


    Beijos :*
    p.s.: Não consigo comentar no seu blog Bela =/

    ResponderExcluir
  4. Aiii que lindoooo! Eu amo essa historia, é mais do que perfeita mesmo com toda essa separação..
    Me faz chora as vezes.. Foi muito triste eles não poderem ficar juntos, mais é a realidade, eu adorei esse final!

    beeijos - Marcela Alves

    ResponderExcluir
  5. "o que é nosso estará sempre em mim" é intenso, doloroso e lindo.
    Lindo o texto Nadine.

    ResponderExcluir
  6. Acho que eles sempre vão estar juntos, mesmo que não estejam perto.
    Como Pedro disse, "O que é nosso estará sempre em mim"
    O que é verdadeiro sempre permanece, mesmo estando escondido,
    seja no coração, na cabeça ou em qualquer outro canto.
    E quando se trata de amor, o perdão sempre vem a calhar.

    E eu, como admiradora de outras vidas, acho sim que eles vão se encontrar.
    E espero que Pedro não a deixe desistir. Ou melhor, espero que Pedro não desista. rs

    Adorei o "fim" . beeijoca moça ;*

    ResponderExcluir
  7. Queria saber, quanto o coração de Pedro aguentou, até o ponto em que não fosse mais da cor vermelho. Bem, sempre em uma relação assim, pode-se acabar tudo de uma hora para a outra. Dependente do amor que está em jogo, Laura também o magoou muito, durante esse tempo de segredos entre os dois...

    Aposto que muitos queriam, que eles terminassem juntos. Mas foi decisão da própria vida, se eles ficassem ou não. Como você mesma disse Nadine, agora é só esperar a próxima vida.

    Às vezes o final triste é menos perturbador.

    ResponderExcluir
  8. Acho que fui a única pessoa que tinha certeza que eles nunca ficariam juntos. Será? Pedro ficou tão livre, tão leve. Me deu aquela calma depois que se termina de ler um livro. Gostei do final. Porque final não precisa necessariamente ser feliz, mas vale a pena se for satisfatório.

    ResponderExcluir
  9. É, o amor também cansa...

    Alguém disse que "o amor é grande mas não é dois".

    Concordo.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  10. Nadine, pra ser inesquecível não precisa ser feliz no final. Doeu, mas ficou perfeitamente lindo. Parabéns, beijos :*

    http://sabrinanunees.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. Me sinto honrada de ter lido toda essa história, ou melhor, ter vivido. Pois tu, como já disse tantas outras vezes, faz com que vivenciamos todas essas palavras. Amei o final!

    ResponderExcluir
  12. Oi minha flor passando pra desejar uma semana encantadora cheia de paz , luz, e amor, que ela seja repleta de doçuras, assim como tu, Beijos Meus :*

    ResponderExcluir
  13. *---* Fico feliz que tenham gostado do final! :*

    ResponderExcluir
  14. Amei demais, é dificil dizer se não é por causa da música que eu to ouvindo, ou se é porquê me encanto totalmente com situações em que há fim mas não existe todo aquele desespero, sei lá, é meio como uma vida que você perde mesmo, afinal, não tem quem conteste a verdade de que você muda quando está amorosamente acompanhada(o), gostei do jeito simples em que ela saiu de casa e foi comprar cigarros esperando que alguma coisa aconteça... Eu sou bem assim tbm!
    Eu amei demais! caso vc queira saber eu li escutando... - 'Seize the day'

    @juhhouse

    ResponderExcluir
  15. Sublime...
    tão forte e sutil.
    Gostei muito...
    beijo

    ResponderExcluir
  16. Oi,
    tem selinho no blog pra você.
    http://iasmincruz.blogspot.com/2011/08/selo-150-seguidores.html#comments

    ResponderExcluir
  17. Lindo demais... não resisti e li tudo novamente. rs

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."