janeiro 25, 2014

Alice


— Como o deixou?
— O único jeito de ir embora: "Eu não te amo mais, adeus".
— Suponhamos que ainda o amasse.
— Eu não iria embora.
— Nunca largou ninguém que amasse?
— Não.

— Eu teria te amado, para sempre.
— Eu te amo.
— Onde? Me mostre. Onde está esse amor? Eu não consigo vê-lo, tocá-lo, senti-lo. Consigo ouvir algumas palavras, mas não posso fazer nada com suas palavras fáceis.

Closer (Mike Nichols, 2004)

5 comentários:

  1. Lágrimas ♥ rs

    Alice e suas verdades... o amor vai muito além de palavras, vai muito além do "Eu te amo". Talvez vá até muito além de nos...

    Portman ♥

    ResponderExcluir
  2. Impossível descrever o amor por esses diálogos, por esse filme! <3

    ResponderExcluir
  3. Me faltam palavras. Sua sutileza para falar de um assunto tão batido fez com que ficasse lindo. Me comoveu ;*

    ResponderExcluir
  4. Um filme realmente lindíssimo e quando toca essa música http://www.youtube.com/watch?v=pEq8DBxm0J4 ♥

    ResponderExcluir
  5. Amo esse filme pelo retrato sincero e muitas vezes duro que ele faz dos relacionamentos. Roteiro genial. O amor é relativo, cada um o interpreta do modo que lhe satisfaça. Pode ser só uma palavra pretensiosa como pode ser o sentido da existência.

    http://leigopoeta.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."