janeiro 24, 2016

Procurando por amor em lugares errados

La vie d'Adèle

"Ele estava absolutamente seguro de sua escolha de homem 
independente que não necessita mais dessas bobagens de amor." 
(Mel e Girassóis - Caio F.)

Já previ nosso fim, antes mesmo de um início apropriado. Será nossa primeira e única briga. Estarei te implorando para que me deixe amá-lo, e mesmo que também queira você não permitirá, nem olhará nos meus olhos novamente.

Certamente, nessa altura da vida, estaremos tão mutilados que já não conseguiremos apalpar o amor; prazer e dor não se distinguem mais. Eu então partirei sem me despedir, aceitando meu desastre de ser quem eu sou no dilema irremediável dos amores incompreendidos.

Anos depois, nos esbarraremos numa roda de samba, eu vou te enxergar no final de uma canção e você me ouvirá em notas desconhecidas. Tão sozinhos, sozinhos.

Desculpa a sinceridade e o tanto de pessimismo - eu tentei, porém não sinto nada, além disso. Roubaram minha esperança há muito tempo. E antes do não e da falta de explicação, continue: ama-me em segredo.

O que restar será cinza para preencher os buracos da nossa existência.  

Erllen Nadine


Título: The Blackest Day - Lana Del Rey.

janeiro 18, 2016

Por não estarem distraídos


         Havia a levíssima embriaguez de andarem juntos, a alegria como quando se sente a garganta um pouco seca e se vê que por admiração se estava de boca entreaberta: eles respiravam de antemão o ar que estava à frente, e ter esta sede era a própria água deles. Andavam por ruas e ruas falando e rindo, falavam e riam para dar matéria peso à levíssima embriaguez que era a alegria da sede deles (...). Como eles admiravam estarem juntos! Até que tudo se transformou em não. Tudo se transformou em não quando eles quiseram essa mesma alegria deles. Então a grande dança dos erros. O cerimonial das palavras desacertadas. Ele procurava e não via, ela não via que ele não vira, ela que, estava ali, no entanto. No entanto ele que estava ali. Tudo errou, e havia a grande poeira das ruas, e quanto mais erravam, mas com aspereza queriam, sem um sorriso. Tudo só porque tinham prestado atenção, só porque não estavam bastante distraídos. Só porque, de súbito exigentes e duros, quiseram ter o que já tinham. Tudo porque quiseram dar um nome; porque quiseram ser, eles que eram. Foram então aprender que, não se estando distraído, o telefone não toca, e é preciso sair de casa para que a carta chegue, e quando o telefone finalmente toca, o deserto da espera já cortou os fios. Tudo, por não estarem distraídos. 

Clarice Lispector
A Descoberta do Mundo

janeiro 15, 2016

Olá, mágoa

Por favor, envolva seus braços embriagados ao meu redor
e vou deixar você me chamar de sua essa noite,
porque essa leve magoa é o que eu preciso.
Por favor, me diga que eu sou a sua única
ou minta, e diga que sim ao menos esta noite.
Tenho uma nova cura para a solidão.

Emoções não são tão difíceis de pegar emprestado,
quando “amor” é uma palavra que você nunca aprendeu.
E em uma sala repleta de garrafas vazias,
se você me der um último cigarro...
Eu só quero esquecer de tudo.

Quando você desliga as luzes, eu vejo estrelas nos meus olhos.
Isso é amor? Talvez algum dia.
Tenho a cena na minha cabeça, não sei bem como termina.
Então, não ligue as luzes, vou te dar o que você gosta.



Título: Hello Heartache - Avril.

janeiro 11, 2016

I will be king

Christiane F. 

É um pequeno e terrível caso
para a garota de cabelo castanho claro,
apesar de sua mamãe estar gritando: Não!
Mas o amigo dela não está em lugar algum
e agora ela anda atrás do seu sonho naufragado
naqueles assentos com a melhor vista.
Ela fica vidrada na tela do cinema,
mas o filme é tristemente chato
pois ela viveu isso mais de dez vezes (...)
Afinal, existe vida em Marte?

(Life On Mars?)

David Bowie 

janeiro 05, 2016

Jess


Se eu nunca ver você de novo
Eu sempre vou levar você
dentro
fora

na ponta dos meus dedos
e nas bordas do meu cérebro

e em centros
centros
do que eu sou do
que restou.

Bukowski 

Mirtle