15 setembro, 2011

Despedida [Prólogo]


Eu odeio o peso que a despedida causa em mim,
beberia Stella e Mojito até o céu girar e mudar de cor.

O primeiro vazio chegou acompanhado de agosto. Guardaria as mágoas entre os livros e as besteiras, mas sozinho não era possível, eu precisava de ajuda para isso. Continuei pedindo... pediu uma mão e depois a outra (...)
O segundo vazio chegou mais forte, foi quando descobri o verdadeiro significado das palavras: ausência, saudade e término (...)
O terceiro vazio foi o pior. Foi o vazio do adeus. Deu-me raios de sol, me fez feliz e partiu (...)

("Eu não quero sair da sua vida", era a única frase que vinha na cabeça dele)

Eder Fabricio e Erllen Nadine

8 comentários:

  1. Ai, ai...

    Dia desses postei no Twitter que "despedir" é um verbo que não deveria aceitar gerúndio. É terrível ficar eternamente despedindo-se, agarrando-se a uma esperança com o prazo de validade vencido. E não falo isso só porque considero uma boa teoria e sim (e principalmente) porque já fiz muitas vezes.

    Quero crer que finalmente aprendi a lição.

    Belas linhas, gostei muito.

    Beijos pra vocês.

    ResponderExcluir
  2. Ausência, saudade e término, essas palavras formam algo muito triste. Algo que acaba conosco, é tão triste pensar no vazio que se deixa ou que se recebe. Ainda mais se for mais de um.

    ResponderExcluir
  3. Despedidas são tristes e necessárias!

    :)

    belo texto

    beijos

    ResponderExcluir
  4. Ai que saudades daqui, para não me perder mais te coloquei la na minha lista de sonhadores!
    To passando para pedir uma ajudinha passar aqui: http://theattitudeincluded.blogspot.com/2011/09/votacoes-concurso-blog-vs-blog-2.html é votar em "dreamer", tem também lá link de outrso blogs menina má... sera a soma de todos os votos se puder votar em todos agraderei muito, mas votando em um também estarei já feliz!bom pedindo desculpas por qualquer coisa, mas bem, se puder dar uma força ficaria muito grata!
    Deus abençoe

    ResponderExcluir
  5. Sem mais,
    Não gosto delas, porque acabam comigo. Despedida é uma palavra que procuro excluir do meu dicionário, e todas as vezes que alguém tenta procurar por ela, dou-lhe outra, muito melhor.
    Beijo.

    ResponderExcluir
  6. Oi querida !!

    Tenho um selinho para você lá no meu blog

    http://janarhein.blogspot.com/

    Beijo

    ResponderExcluir
  7. Despedidas, pode ser o fim para um novo começo. ;]

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."