01/05/2011

A outra vez que eu te conheci

"E do outro lado da linha aquela voz conhecida diria sinto-
falta-quero-voltar.
Isso nunca aconteceu." Caio F.

Sol em Leão. Vênus em Áries.

Já fazia quase um ano e eu ainda tinha a esperança que alguma palavra trouxesse uma reaproximação. Pela primeira vez, aquela voz não me deu sossego: as poucas palavras chegaram até mim com um tom de frieza, envolvidas por um abismo de alguns segundos sem dizermos nada. Não era mais ele, era alguém que eu não mais conhecia. Eu preferia mil palavras duras - lacunas, jamais. Depois do telefone desligado, a voz cortada e o coração ainda mais ferido, eu percebi que para eu continuar vivendo, eu teria que matá-lo de dentro de mim. Ah, por favor não diz para ninguém: chorei à noite inteira.

Erllen Nadine

como diria Caio: "Eu sobrevivi".