23/04/2011

Lado de lá

Sessão V - Laura e Pedro

Para Rafaela Ivo, que me pediu o lado de quem é abandonado.

Todo dia eu ouço aquele papo machista de que homem não sofre; mas eu tenho coragem o suficiente para admitir o que eu tô passando. Cheguei naquele estágio, de olhar minha cara decadente no espelho e dizer que preciso, que não vivo, sem você. Eu não tô aguentando segurar esses nós. Eu te enxergo nos copos de bebidas, na fumaça dos cigarros. Não consigo dormir, me revirando na cama querendo te encontrar. Tenho vontade de sair te procurando em cada cidade da região. Eu choro, fico sem ar, quero sair correndo e gritando o seu nome; me desespero com esse silêncio, com essa saudade que aperta o peito e a dor não quer cessar. Volta, que eu te amo e não me importo com mais nada. Volta, que eu te amo e te convenço a nunca mais ir. Volta, e me traz de volta.


P.

Pedro escreveu, mas não havia possibilidade de envio -
afinal, não sabia onde Laura estava.

Erllen Nadine

"Quando Pedro voltou, estava anoitecendo. E foi como se todas as
luzes da casa se acendessem ao mesmo tempo." (Caio F. A.)

14 comentários:

  1. Ah, como dói a dor de Pedro. Teve uma época que terminei com o Vini, e cortamos todo o contato. Foi horrível, desesperador - queria ir atrás, falar o que sentia, mas como? Teria eu que atravessar o Brasil, e tudo que eu sabia era apenas o nome da cidade, nenhum endereço. Até que um dia, não me pergunte como, ele achou o meu orkut, e falou que tava horrível viver sem mim :/ Depois dessa, faço questão de ter o endereço dele decorado. Mas voltando ao texto, tem horas que eu não vejo um bom fim para Pedro e Laura. Às vezes dá vontade de apertar o pescoço da maldita, juro! Mas eu entendo o que ela sente. Só posso esperar que enfim, as coisas se tornem melhores para Pedro. Nadine, obrigada por escrever isso! Era tudo o que eu sentia antes, mas nunca tive a habilidade de escrever. Beijão!

    ResponderExcluir
  2. Que dor é essa que nos atormenta quando amamos e temos que nos distanciar da pessoa amada? Meu Deus, às vezes meu desejo é não ter coração para que assim eu não precise sentir tamanha agonia.
    Estão lindos seus posts sobre Laura e Pedro, estou curtindo muito. Já disse que adoro o nome "Pedro"? É tão lindo, tão simples, tão singelo.
    Beijo Ná.
    Feliz Páscoa.

    ResponderExcluir
  3. Como todos os outros, perfeito *-*
    "Volta e me traz de volta"
    :**

    ResponderExcluir
  4. Homem sofre sim e acho que é bem pior.
    Eles sofrem calados, quietinhos, na deles.

    Ah Laura, volta, volta! (yn' rs'

    P.s.: Tava com saudade das tuas postagens moça.
    E de você tbm! :)

    ResponderExcluir
  5. Já disse que fico embasbacada com seus textos? Enfim, eu fico. Acho bonito isso de dizer muito e explorar leques e mais leques de sensações em poucas linhas. Muito bonito mesmo.

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  6. Incrível!
    Começo escrevendo esse comentário com tal palavra.
    Li as outras sessões de Pedro e Laura. E foi ótimo ter feito isso. Achei bonito o teu jeito de conduzir palavras, mostrar sentimentos em poucas linhas.
    Amei mesmo!

    Beijos, Nadine!

    ResponderExcluir
  7. Tá maravilhoso esse teu conto, de verdade. Olha, sinceramente, não tenho acreditado mais no sentimento vindo do outro lado...
    Beijos

    ResponderExcluir
  8. Aii, essa historia ta me deixando cada vez mais emocionada....

    beeijos

    ResponderExcluir
  9. Essas sessões de Laura e Pedro mexem sempre muito comigo. Vai saber.

    ResponderExcluir
  10. ai, gosto demais da continuação desse conto... pretende estendê-lo? ...
    sobre canecas cheias, tem um equilibrio perfeito de realidade e fantasia, obrigada por comentar :*

    ResponderExcluir
  11. Nadine.
    Obrigada pelo comentário.

    Beijos!

    ResponderExcluir
  12. estou gostando muito desse novo "rumo" q vc deu ao seu blog. Pedro e Laura sao tao singulares, peculiares e comuns ao mesmo tempo. Da pra senti-los.
    Volta e me traz de volta! Que forte!!!!
    um beijo!

    ResponderExcluir
  13. Foi muito bom Laura ter escrito e também foi bom Pedro ter recebido...Existe uma gota de sentimentos entre eles já que não se vêm.
    Acho uma pena Pedro não poder enviar a carta, onde estará Laura?

    ResponderExcluir
  14. Têm selos pra ti lá no meu blog,
    :**

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."