17/07/2011

Pra sujar teu nome

Sessão VII - Laura e Pedro

"... Te humilhar. E me vingar a qualquer preço, te adorando pelo avesso."
(Chico Buarque)

— Posso acender um cigarro?
Foi à primeira coisa que Pedro disse ao chegar à casa de Laura.

Um dia antes, eles reencontraram-se. Ele estava lá a trabalho, ela a passeio. Numa cidade distante de onde tudo terminou, ou seria: começou? Pedro a viu entre pessoas e conversas. Era ela? Sim, era Laura. Os olhos verdes de Laura guiaram-se para a esquerda, encontrando-o. Ela engoliu no seco toda uma vida que deixou para trás, enquanto o coração dele dava pulos. Trocaram poucas palavras. E como dois amantes, combinaram-se indiretamente que queriam se ver, quem sabe tomar uma dose de qualquer coisa.
— Tem cerveja, você quer? - Perguntou Laura. Pedro aceitou, e logo em seguida, disse: — Eu nem sei ao certo porque estou aqui. — Talvez você tenha perguntas e eu tenho as respostas. — Não Laura. Por muito tempo eu esperei por isso, quis saber os motivos. Mas não importa mais o porquê de você ter ido embora. — Queria que tivesse sido diferente, mas não foi. Eu só tinha 19 e nos meus bolsos só havia sonhos. Não queria me prender ou depender de alguém. Eu queria ser livre e ir buscar o que eu desejava.
A verdade é que Pedro queria a ouvir dizer que estava arrependida, mas ela não estava. Ambos tinham refeitos seus caminhos. Ele agora era noivo. Ela terminou a faculdade e era uma ótima professora de inglês. E por mais que se desprendessem do passado, sempre sobrava algo.
Passaram muito tempo falando sobre o que não mais voltava. Perdendo-se entre a cerveja e as palavras que viravam cinzas. Até que o silêncio pairou.
(...)

Erllen Nadine

Outras partes: VI, V, IV, III, II, I

11 comentários:

  1. Ela é tão genial

    E eu sou o fã preferido dela =)

    ResponderExcluir
  2. *-* AHH Andy meu amor.
    É sim, meu preferido. <3

    ResponderExcluir
  3. E eu aqui, ansiosa pela última parte.
    Posso não ser a fã preferida, mas também sou grande fã *-*

    ResponderExcluir
  4. "Passaram muito tempo sobre o que não mais voltava."

    Exatamente assim! Parabéns!

    ResponderExcluir
  5. estás muito Caio Fernando Abreu ;)

    ResponderExcluir
  6. Nadineee! Adorei o texto, ele é incrível, mas uma história de Laura e Pedro bonita de se ler. Tu sabe usar bem as palavras.

    Cativante, cativante, cativante!

    Mas pena que é o penúltimo :´(

    ResponderExcluir
  7. Preciso ler todas as partes antes ;)
    Farei com carinho e volto a comentar.

    ResponderExcluir
  8. Olá! Estava vendo uns blogs e vim parar no no seu.(rs) Adorei aqui!

    Estou te seguindo... Passa no meu, se interessar segue lá também =)

    www.cerejarocks.com


    beijos ;*

    ResponderExcluir
  9. E o seu conto me ganhou logo no início, porque transparece esses acasos, descasos, atrações, e distrações que circundam esse campo - tão quase minado - que é o amor.

    Ficarei aqui, à espera pela próxima parte.

    Beijo grande.

    ResponderExcluir
  10. Complicadíssimo fazer escolhas...quase sempre a gente se perde entre pensamentos de como teria sido se tivéssemos tomado outro rumo.

    Isso tem um Q de crueldade.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  11. aaa meu Deus, to louca para saber o final. rsrs beijos flo..


    Marcela Alves

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."