30/09/2014

Retalhos

   Fernanda Paes 

parte I do fim

Você quase me fez acreditar:

que no meio dessa bagunça você me escolheria. E se tivesse escolhido, eu seria para sempre a escolha errada. Entre tanto e eu... Você escolheria o nada ao invés de mim; e que me amaria a qualquer custo, sem rejeitar meus defeitos. Não te culpo. Como aceitar meus dilemas e conflitos internos, se nem eu mesma consigo? Não fui seu tipo de clichê favorito para você me incluir nos seus planos, bobos e fantasiosos, e ainda assim quis fazer parte deles.

Eu quase me fiz acreditar:

que não te usaria como âncora para fixar nos meus pensamentos e escrever essas bobagens. Dos meus desamores, você é o único que não merece fazer parte das minhas curvas linhas; e que a saudade não vale a pena. Só levo o arrependimento, moreno. Arrependimento é um tormento irremediável. 

Erllen Nadine

Um comentário:

  1. ''você escolheria o nada ao invés de mim.'' pesado, moça =/

    B.

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."