24 de setembro de 2010

Pelo quarto


Nossos antigos planos tomaram o espaço das gavetas, a saudade ganhou forma e impediu que a luz entrasse pela janela, nosso passado está bordado nas paredes, as lembranças roubaram o oxigênio. Tento andar devagar, para não me cortar com todas as promessas quebradas que estão espalhadas pelo chão.

Nadine

"Uma ausência sobre a cama." (Caio F.)