04/09/2010

Setembro

Um ano atrás:
Durante a madrugada, saíamos de uma festa qualquer. Apenas nós dois andando pelas ruas vazias da tua cidade pequena, rindo e embriagados, de (quase) amor.

E hoje:
"Eu fico sem saber, se ainda lembra o meu nome."
(Reação em Cadeia)

3 comentários:

  1. rindo e embriagados, de (quase) amor.

    as vezes fico pensanso nesse quase amor, talvez sem ele nada de bonito tivesse acontecido entre nós, e talvez sem ele hoje não doesse tanto a sua flata .

    bem que podia ser uma QUASE DOR não pe msm?

    belo post !

    ResponderExcluir
  2. Dói. Quando não sabemos se alguém ainda sabe do nosso nome! ><

    Beijo!


    (Pê)

    ResponderExcluir
  3. (quase) amor é tao complicado quanto uma noite fria, pensando se alguem ainda pensa em ti.

    arrepiei lendo esse post, me lembrou algumas coisas! mt bom

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."