31 agosto, 2012

Agosto, o tempo e eu


Porque era agosto, e por ser agosto os dias arrastavam-se lentamente.

Foi em alguma tarde de agosto que eu a conheci, em um daqueles dias que parece não ter fim. Usava um vestido azul, o cabelo solto esvoaçava e bagunçava teu rosto. Anos depois, foi em alguma curva de agosto que ela dobrou, e não voltou. Usava um... Eu não sei o que ela usava, nem como estava seu cabelo, mas jamais esqueci aquele dia.

Ficamos juntos até seus sonhos tornarem-se vazios. Não havia mais vinho aos sábados e filmes clássicos durante a madrugada, não havia mais transas no chuveiro ou sorriso borrado de café. O rádio parou de tocar. Pergunto-me se percebi em que estação a gente findou. Cada gesto uma lembrança, penso então que o tempo nunca foi meu amigo. Mas ele nunca sai de perto, suponho na escuridão que ele gosta de mim o suficiente para me encarar.

Agosto me dói por inteiro. Distorce o que sinto: cheiro novo em molduras antigas. Espalha o caos e o suor dela na cama fria. Concluo que agosto, o tempo e eu jamais teremos um romance ideal. Somos tão parecidos, alguma coisa entre a solidão e os dias sem fim.

Porque era agosto e por ser agosto havia aquele trocadilho infame. Desgosto.

Erllen Nadine


p.s: Não é fácil nem para os leoninos.

20 comentários:

  1. Os dias de Agosto realmente parecem não passar, e quando acontece algo com o coração nesse periodo, a situação fica bem pior, rs. Agostos e seus desgostos, conheço bem...

    Tchau Agosto, rs.

    Perfeição em cada frase. ;*

    ResponderExcluir
  2. Por que vocês odeiam tanto agosto, coitado?
    Cada mês tem um significado diferente para pessoas diferentes, e pelo visto gostar de agosto me faz ficar fora da maioria também.

    ...mas seu texto ficou muito muito lindo ainda assim! ;)
    Beijos!

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Também não é assim, "odeio" agosto. Esse sentimento é muito forte, e até porque é o mês do meu aniversário, e eu adoro ter nascido nesse mês e principalmente ser de leão <3

      É só uma mês mais intenso e com dias mais 'pesados', e se torna mais difícil para outras pessoas. É claro, muitos odeiam, mas eu só quis fazer um 'trocadilho'. E obrigada ;)

      Excluir
  3. que texto forte e belo...
    agosto e suas causas... um mes pouco querido pelas pessoas.
    beijo

    ResponderExcluir
  4. Fim de agosto, recai sobre todos a saudade de um amor qualquer, portanto você tinha que se despedir desse seu mês. E mais uma vez tu me encanta nas entrelinhas!

    ResponderExcluir
  5. Nadine, há quanto tempo não venho aqui. Que maravilha de postagem, me debrucei sobre as entrelinhas do texto devorando uma a uma com os olhos fixados na envoltura das palavras. Não esperava tanto, mas me surpreendo com esta bela surpresa, uma postagem que no final nos faz pensar : “caramba, como ela escreve bem!”, “Valeram a pena esses minutos de passagem pelo blog dela”, isso tudo porque você conseguiu atingir o que deveria ser um propósito para todos os blogueiros: envolver o leitor, proporcionando-lhe um instante de entusiasmo com o que foi exposto aqui. Você tira isso de letra. Parabéns
    Ah, e como não poderia faltar, também sou uma fã dos Hermanos =))
    Um abraço

    ResponderExcluir
  6. Me identifiquei tanto.. Adoro esse seu blog.

    Beeijos flor.

    ResponderExcluir
  7. Agosto pra mim é o 'cair a ficha' de que os meses passam rápido e logo mais um ano se findará. Nadine, seus amores sempre bagunçam sentimentos e eu gosto muito disso!
    Beijo ;*

    ResponderExcluir

  8. Vim cá, lê o seu blogue. Eu, tenho um. Muito simples, sem cores e sem nuances. Estou lhe convidando a visitar-me, e se possível, Seguirmos juntos por eles. Estarei lhe esperando lá, afinal o que importa é a Amizade que fazemos e as publicações que expomos.
    Eu te Convido a vir aqui



    www.josemariacosta.com

    ResponderExcluir
  9. Em retribuição, estou lendo e seguindo o seu blogue. Força, saude e Felicidades. Abraços. Certamente, serei seu leitor cotidianamente
    Abraços

    ResponderExcluir
  10. Agosto pra mim passou tão rápido que não tive o desgosto de te-lo aproveitado.

    ResponderExcluir
  11. Agosto pra mim,é perceber que o ano ja esta no fim,e eu nem vi-lo passar. Teu blog é muito lindo.beijos.
    http://mesmosefossecinza.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Seu texto está simplesmente impecável.
    Sua objetividade e simplicidade tocou meu coração.
    Louvado seja Deus pela sua vida!

    A propósito, caso ainda não esteja seguindo o meu blog, deixo aqui o convite.
    http://frutodoespirito9.blogspot.com/

    Em Cristo,

    ***Lucy***

    P.S. Visite também o blog do irmão J.C.de Araújo Jorge.
    Temas bíblicos e mensagens abençoadoras:
    http://discipulodecristo7.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  13. Amei seu blog *-*
    você poderia participar do meu também?
    beijos.
    http://ah-venicequeen.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  14. Só pq já é Dezembro, e a saudade que tenho das tuas palavras só aumenta. Só pq já é Dezembro, e a saudade que tenho de vc nem cabe mais no peito.

    Tem gente que necessita um pouco dos teus textos, menina bordada.

    Bjo ;*

    ResponderExcluir
  15. Faço gosto! Texto bem intenso! Se puder, me visite e seja uma membra, para ajudar na divulgação do meu humilde e novo espaço. Abraços, Lucian (http://www.poemasintrovestidos.blogspot.com.br/)

    ResponderExcluir
  16. E agosto mês de estragar casamentos :/

    amei o text,fofa ^^

    http://joicy-santos.blogspot.com.br

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."