21/04/2010

me(Ninah)

Para Jessica A.

De longe, parece que tem muitas pessoas ao seu redor, mas não é assim. Você diz que não tem mais ninguém. Eu gostaria de te dizer que você ainda tem a mim. Mas sabemos que não é assim, não porque uma de nós não queira, mas no momento em que nos afastamos, nunca mais conseguimos nos aproximar, são coisas da vida. Se existisse uma borrachinha mágica, eu apagaria a solidão que você sente, essa ausência de carinho paterno, a falta de amigos verdadeiros, a falta de um antigo melhor amigo-amor na descoberta da adolescência; eu apagaria as marcas no coração e deixaria os sorrisos; apagaria os pesadelos, as estradas e pontes e ruas para não existir distância. Se existisse um lápis mágico, eu contornaria a menina que eu conheci dois anos e uns meses atrás, com cores de fé e paz. Eu desenharia nuvens que realmente fossem de algodão; eu rabiscaria teus sonhos no meio do nada, para que o nada virasse tudo, e finalmente teus sonhos estariam perto de você. Mas, infelizmente não existe essa borracha e esse lápis, existe você aí e eu do outro lado, você no centro e eu na borda; e nós, tentando sobreviver "as coisas da vida". Então, quando você for me dizer, mesmo em silêncio: "Eu não tenho mais ninguém no mundo". Eu vou te dizer, mesmo em silêncio: "Você tem a mim agora e para sempre".


[Erllen Nadine]

3 comentários:

  1. *_________* Quem ler seu blog, não consegue viver mais sem você! <3

    ResponderExcluir
  2. quem nao consegue viver mais sem voce.. ler o seu blog, apenas p/ sentir mais perto.

    gih.

    ResponderExcluir

"Um sorriso que derreta satélites e corações gelados."