28/08/2011

V - diário de agosto

Ygor Marotta


"Peixes, logo vi, regente Netuno, ah Netuno, cuidado com as ilusões,
mocinha, profundas e enganosas feito o mar que é teu elemento." Caio F.

para Nyllmara Valdevino

Nunca escrevi nada sobre você. Você sempre reclamou. Isso não significa que eu te ame menos. Te devo desculpas por todas às vezes que fui rude, todas às vezes que não deixei explícito o quanto você é importante pra mim. Mas você sabe: sou assim mesmo. Sempre foi você a única que eu mostrava o que eu escrevia, tudo que eu desenhava; só você tinha acesso a bagunça do meu coração. De todas as minhas amizades, a sua, foi a única que não foi corrompida por álcool e cigarros. Juntas, nunca precisamos de mais nada além do meu senso de humor e das suas maluquices, a combinação ideal para passarmos as tardes rindo - até chorar, até a barriga doer. Vi você se apaixonar, e tive que aguentar seu romantismo de pisciana. Você me viu ir embora, e teve que aguentar essa distância dolorida. 13 anos de amizade. O que mais posso dizer? Vem, ouvir Complicated, inventar nomes, roubar as flores em frente a prefeitura, vestir roupas parecidas. Vem, pegar nossa infância emprestada por um dia qualquer.

Erllen Nadine