18/12/2010

Dos diálogos que não aconteceram

Brilho Eterno de Uma Mente Sem Lembranças

No rádio tocava Conversa de Botas Batidas. Havia duas xícaras
vazias, olhos encharcados e corações (pre)enchidos:

Parece que algo dentro de você sempre sabe a hora certa de dizer adeus.
Talvez por isso eu tenha desistido. Tanto tempo.
Meses. Para ser mais clara: 15 meses.
E o que você fez?
Eu estava por aí. Esqueci o caminho de casa. Eu só sabia o nome da sua rua.
Também esqueci algumas coisas. Esqueci meu signo. Mas sei que somos ascendentes.
Você lembra do meu 2° nome? Eu deixei ele escrito nas suas roupas.
— Eu nunca apaguei ele de mim. E se eu pudesse voltar atrás?
Não pode. E se pudesse, faria tudo de novo. Eu conheço você.
(Silêncio)
Só queria que soubesse: De tudo que eu esqueci, eu não esqueci você.
Nem eu.
(Silêncio)

Erllen Nadine